qué duma vregonha o buraco do colégio qué dum prigo munte a sério ca várza cavia delá torpeçare e marráre ca tromba lá do funde capercebia logue a fundura.

atão na manda enchêre aquilo cum bucado de terra purquê?      

Anúncios