ponte

tapête novo da ponte.

ca nha maria ca ficáva sempere cos saltes infiades lá dos buracos camodos cagora qué munte melhore né? vames dare os parabéns ó verador das pontes.

atão qué duma vregonha návêre uma áleminha caridóza párranjáre o párque abandunado désta manêira?

co cadaval mudou tude lá parcima pó pé da cambra qué  tamém o tribunale o rejisto civile  camodos os jardins tão sempere munte vestozos e felurides pós dótôres injenheires.

na á respeite pó povo ca móra cá embaixo?

atão ó verador dos parques? comé?

Anúncios